REGRAS PARA SE FAZER O POEMA VARANO

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Esqueci Sebastiana

Procurei Sebastiana,
mas quem veio foi Tião.
Procurei Sebastião,
quem encontrei foi Tiana.

Nessa confusão danada,
não falei foi com nenhum.
Tentei uma e tentei um,
tentei tudo e deu em nada!

Resolvi chamar Tunico,
pra me ajudar na questão,
mas quem veio foi o irmão,
um tal chamado Mundico,

Que disse também saber
o que seu irmão sabia,
mas eu não compreendia
o que ele queria dizer...

Tentei de novo o Tião,
me atendeu Sebastiana,
que foi chamar a Tiana,
pra buscar Sebastião.

Já estava de saco cheio,
mais enrolado que só!
E pra desatar o nó
chamei um, só veio meio!

Decidi partir pra briga
pra pegar Sebastiana,
mas Tião trouxe Tiana,
que não queria intriga.

Segurei Sebastiana,
dei u’a rasteira em Tião,
derrubei Sebastião
e me abracei com Tiana!...

Aí foi chegando o Mundico,
procurando seu irmão.
Tentei dar-lhe um safanão,
mas acertei no Tunico!

.........................................
Fui-me embora com Tiana,
deixei lá o Sebastião,
Tunico, Mundico e irmão,
mas naquela confusão,
esqueci Sebastina!...
...Oh! Sebastiana, perdão!...