REGRAS PARA SE FAZER O POEMA VARANO

quarta-feira, 20 de julho de 2011

RONDEL IV

Furtiva e tão sutil a mim chegou
Da minha vida fez-se a pretendente!
Tomou meu coração e se aninhou
Deu-me a paixão qual fosse adolescente!

Eu que antes era só, já não o sou
Pois ela no seu jeito displicente
Furtiva e tão sutil a mim chegou
Da minha vida fez-se a pretendente!

Hoje o destino conta o que aprontou
Fazendo-me do amor fiel cativo...
Beijo-a, feliz, por tudo que causou
Quando num andar sutil e tão furtivo
Furtiva e tão sutil a mim chegou!