REGRAS PARA SE FAZER O POEMA VARANO

quinta-feira, 28 de julho de 2011

FELIZ













Sempre que acordo cedo, chego até a janela,
Para sentir das flores seu perfume suave;
Volto a deitar na cama, bem juntinho dela
E acaricio o ninho da pequena ave!

Dou-lhe um beijo no rosto, afago-a com carinho,
Enquanto ela suspira em ais que já conheço;
Ajeito-me com ela em concha em nosso ninho
E a Deus, por tão feliz momento, agradeço!

Ao despertarmos juntos, corpos nus em pelo,
Abrasa-nos a fúria de um amor tão belo
E amamos outra vez até o raiar do dia!

Descansa ela seu corpo e achega-se ao meu peito,
Que em paz ali relaxa de tão satisfeito!
................................................................
Feliz, bendigo a vida que Deus propicia!