REGRAS PARA SE FAZER O POEMA VARANO

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Veredas



Imagem do Google










Veredas da minha vida
Que me deixam a sonhar
Levam-me por entre ramas
De onde às vezes tu me chamas
Convidando-me a deitar...

Há veredas escondidas
- Que esquecer já não consigo
Que me levarão a ti...
Das poucas vezes que vi
Trago a lembrança comigo...

Pisando em terra batida
Faço a viagem sozinho
Sigo as veredas da vida
Na ansiedade incontida
Em busca do nosso ninho...

Ao encontrá-lo, porei
Tapetes feitos com flor
E enfeite em flocos de neve!
... E a brisa soprando leve
Saudará o nosso amor!...